EVENTOS

Slash/Elétrico Open Lab

Teatro Experimental, Escola de Dança, April 2018.

RGB@: video instalação de Mirella Misi

Exposição coletiva:

Ludmila Pimentel, Dorotea Bastos, Caio Araújo, Lucas Alves,.

Artistas convidados: Andrea May e Daniela Steel

open lab E gimp.jpg

ORI_digital com Eletrico:

Grupo de pesquisa em Ciberdança, Escola de Dança da UFBA, outubro 2019.   Teatro Experimental, Escola de Dança,

Exposição coletiva: Performance - Caio Araújo

ludmilla rose gimp.jpg

Slash/Elétrico Open Lab

Teatro do Movimento, Escola de Dança, Maio 2018.

 Video: Sergio ulhõa (SLASH Art Tec Lab)

Exposição coletiva:

Ludmila Pimentel, Mirella Misi

open lab E dancer and curtain gimp.jpg

Grupo de pesquisa em Ciberdança, Escola de Dança da UFBA, outubro 2019.   Teatro do Movimento, Escola de Dança,

Exposição coletiva: Performance - Caio 

 

LaPAC/Elétrico/Slash Art/Tech lab

Dança Digital em Realidade Aumentada
Exposição de alguns experimentos de dança digital em realidade aumentada, parte dos estudos de pós-doutorado de Mirella Misi (supervisão Ludmila Pimentel) no PPGDANÇA/UFBA, um projeto interdisciplinar entre o LAPAC/Elétrico _ Grupo de Pesquisa em Ciberdança (Salvador-Brasil) e o SLASH Art Tech Lab (Amsterdam- Holanda). Apoio CAPES/CNPQ.

RGB alpha mi gimp.jpg

Teatro do Movimento, Escola de Dança, May 2018.

Performance - Ludmila Pimentel / Instalação -  Daniela Steel

Exposição coletiva:

Ludmila Pimentel, Mirella Misi

Elétrico Open Lab

ORI_digital com Eletrico:

4 dreaming gimp.jpg
3 times mi.jpg
 

WORKSHOPS

workshop slash cam 2 gimp.jpg

Slash Worksop at Elétrico/LaPac

workshop sobre o Software  para estudantes do Elétrico

por Chris Heijens do SLASH Art/Tech lab

2018

WhatsApp Image 2020-11-17 at 11.22.23.jp

Conferência ARTECH 2015

Prêmio Melhor Short Paper 

New Sensual Experiences of Embodiment in Dance. In: Artech Conference 2015: Creating Digital E-Motions, 2015, Óbidos. Artech 2015: Proceedings of the 7th International Conference on Digital Arts. Óbidos: Artech International: Associação Internacional de Arte Computacional

Open Lab Slash/Elétrico

Slash Art/Tech Lab Amsterdam workshop Slah cam 2 

 Mirella Misi, Ludmila Pimentel Suzanna Ohman,

Chris Heijens, Andries de Marez Oyens e Sergio Ulhõa

2012

suzanna slash cam 2.jpg
 

PESQUISA

Teses defendidas pelo Elétrico:


Dorotea Souza Bastos (2019)

(sem link ainda)

Mirella de Medeiros Misi (2010)

https://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/9642

Ludmila Cecilina Martinez Pimentel (2008)

https://riunet.upv.es/handle/10251/3838


Dissertaçoes Defendidas pelo Elétrico:

Chancko Manabe (PPGAV) 2020

Lucas Alves (PPGAV) 2020

Natalia Vasconcelos (2019)

https://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/29429

Andrea Sampaio (2019)

ainda sem depositar

Guilherme Fraga (2018)

https://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/25677

Caio Cezar Araujo (2018)

http://www.ppgav.eba.ufba.br/pt-br/defesa-publica-de-dissertacao-caio-cezar-souza-de-araujo

Amanda Rocha Neves (2017)

https://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/27340

Natalia Ribeiro (2015)

https://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/21438

Ana Carolina Frinhani (2015)

https://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/28025

Dorotea Souza Bastos (2013)

https://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/11942

Isa Sara Rego (2013)

https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/15851/1/DISSERTA%C3%87AO%20ISA%20SARA.pdf

Bruna Spoladore…

Doutorandos em andamento 2020:

Amanda Neves da Rocha (PPGDAN)

Jacson Espirito Santos (PPGDAN)

Pablo Lucena (PPGAV)

Mestrandos em Andamento 2020:

Andrea Rios May (PPGAV)

Miguel Granada (PPGAV)

Vinicius Souza (PPGAV)

2020-Atual  Mirella Misi

Dança e Realidades Mistas Práticas, Técnicas e Poéticas

Este projeto de pesquisa investiga conceitualmente a noção de Realidade Mista e suas possíveis interfaces com a linguagem da Dança. A Realidade Mista é uma tecnologia que vem sendo utilizada em diversos setores, como por exemplo na educação, no treinamento de pilotos, na area da saúde, e também na arte. Através desse estudo, estamos fazendo um levantamento de trabalhos recentes de dança digital em ambientes híbridos, detectando e analisando suas práticas, técnicas e poéticas para a elaboração de um dossiê sobre o estado da arte da dança digital hoje. O projeto propõe  também a criação de dois experimentos de dança em Realidade Mista.  
A Dança Digital é uma das formas contemporâneas de arte, e por ser tão atual, prescinde de  ser pesquisada no âmbito científico e artístico. No Brasil, há uma crescente produção  de Dança Digital, principalmente em São Paulo, que abriga festivais internacionais de Arte e Tecnologia, como por exemplo, o File Festival, que a cada ano reúne milhares de artistas e pesquisadores. Em Salvador, um crescente número de estudantes da área de artes e humanidades se interessam pelas tecnologias digitais como ferramenta criativa. Esse projeto, portanto, visa criar um espaço de exploração dessa atual vertente da arte da dança na nossa era digital para estudantes da UFBA, principalmente da Escola de Dança.  Através do estudo de técnicas, práticas e poéticas de trabalhos selecionados e da exploração de ambientes de Realidade Mista como território de investigação e produção de Dança digital, buscamos com esse projeto ampliar conhecimentos e expandir os campos de atuação profissional de nossos alunos egressos, refletindo teórico e criticamente sobre a atual produção de Dança Digital no Brasil e no Mundo.

 

2018 - 2019  Mirella Misi

Diego play.jpg

PLAY - Deseja Jogar? Diego Gonçalves

Espetáculo resultado do Projeto Ateliê de Criação, contemplado pela Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal da Bahia no programa de extensão PIBIARTES com orientação de Mirella Misi.

Concepção e Performance:

Diego Gonçalves

Operação Técnica: Patrick Ferreira

Realidade Aumentada Espacial - Ateliê de Criação
Este projeto de pesquisa visou construir um pensamento crítico, analítico sobre realidade aumentada como uma interface para espaços de dança, facilitando o entendimento tanto por vias empíricas, como epistemológicas. Através de atividades que conversaram diretamente com o curso de dança da UFBA, foram realizados processos criativos, mercadológicos e culturais. Promover o alcance e a multiplicação do que se entende como dança, tecnologia e cultura, levando dança digital a áreas carentes e periféricas de Salvador, aumentando a relação entre performers, espaço e público. O projeto criou uma ponte entre ensino, pesquisa e extensão, através da circulação dos resultados artisticos obtidos durante um ano de pesquisa. 

Coordenação: Mirella Misi

Bolsista PIBIARTES: Diego Gonçalves

Mirella Misi Colider Életrico

Atualmente é Professora Adjunto 1 da Escola da Dança da Universidade Federal da Bahia. Professora do Programa de Mestrado Profissional em Dança (PRODAN). Coordenadora do Laboratório de Pesquisas Avançdas do Corpo (LaPAC). Co-Líder do Elétrico – Grupo de Pesquisa em Ciberdança. Membro Fundador do Slash Art Tech Lab Amsterdam. Doutorado em Artes Cênicas pela Universidade Federal da Bahia (2010) com estágio de doutorando no Departamento de Comunicação, Informação e Tecnologia da The Hague University of Applied Sciences, Holanda (2008); Mestrado em Artes Cênicas pela Universidade Federal da Bahia (2006); Licenciatura em Dança pela Universidade Federal da Bahia (2000). Pós-doutorado na Universidade Federal da Bahia. Áreas de Conhecimento: Filosofia da Arte, História da Arte, Educação e Criação Artística. Experiência na área das artes: Performance, Artes Visuais, Arte Digital e Interativa, Coreografia e Videodança.

Curriculo LATTES Mirella Misi

http://lattes.cnpq.br/6001559184049370

2019 - Atual Ludmila Pimentel


Corpo e Intermedialidade: construindo poeticas digitais contemporaneas
Este projeto de pesquisa investiga conceitualmente o termo "intermedialidade" e suas interfaces possíveis com estudos fenomenológicos e pós-fenomenológicos sobre o Corpo. Visa a construção de um arsenal téorico inovador, contribuindo assim com a produção científica na área da pesquisa artística e científica, bem como se propõe a elaborar, a partir do conceito estudado, criações artísticas no campo das Poéticas digitais. Nos interessa produzir e refletir no campo das Artes, mas especificamente nas possibilidades contemporâneas de Poéticas Digitais. 

Coordenadora: Ludmila Cecilina Martinez Pimentel

Ana Carolina Frinhani, Dorotea Souza Bastos, Natalia Pinto da Rocha Ribeiro, Mirella Misi, Natália Vasconcelos, Maria Albertina Grebler, Amanda Neves da Rocha, Andrea Sampaio, Caio Araujo, Lucas Alves Oliveira da Silva, Andrea Rios May.

Ludmila Pimentel Lider Életrico

 

Atualmente é Professor Associado I da Universidade Federal da Bahia, Professor Permanente do Programa de Pós-graduaçao em Dança (UFBA) e Professor Permanente do Programa de Pós-graduaçao em Artes Visuais (UFBA),Coordenadora da área de Dança no Programa Intitucional de incentivo à Docência (PIBID-UFBA). Membro do Conselho Editorial e Parecerista do Journal of Somatic and Dance Practices (Coventry University). Líder do Eletrico - Grupo de Pesquisa em Ciberdança (CNPq). Pós-Doutorado em Artes Visuais na Hochschule der Bildenden Kunste Saar, (HBKSaar), Alemanha (2012-2013), Doutorado em Artes Visuais e Intermidias - Universidade Politecnica de Valencia, Espanha (2008), Mestrado em Comunicação e Cultura Contemporânea pela Universidade Federal da Bahia (2000). Especializacao em Coreografia pela Universidade Federal da Bahia (1995). Graduação em Licenciatura Em Dança pela UFBA (1994), em Dançarino Profissional pela UFBA (1995), e Bacharel em Enfermagem e Obstetricia pela Universidade de São Paulo (1987). Experiência na área de Artes, com ênfase em Artes Visuais, Intermidias, Performance, e Videodança, atuando principalmente nos seguintes temas: Corpo, Tecnologias Digitais, Performance, Criação Coreografica com softwares, Vídeo, Tecnologias e Interatividade.

Curriculo LATTES Ludmila Pimentel

http://lattes.cnpq.br/0405549675782527